Sábado, 25 de Julho, 2009

 

Quando tinha cerca dos meus 3 anos, lembro-me perfeitamente de ir para Lisboa, para os locais onde habitavam estes seres e dar-lhes comidinha. "Oh pombinho pombinho". Tão inocente que era, não sabia que a maldade morava ali. Os bichos ainda me deram uns sinais, quando um deles decidiu aliviar o intestino em cima da cabeça da minha mãe, ou comer-me o meu rico pastel de belém.

Agora, cada vez que passa um batalhão deles por cima da minha cabeça, é olhar e ver se nenhum deles quer largar um cócózinho.


Apesar de tudo, eu era uma incapaz de fazer o que é que fosse a um pombo.


Hoje, abri a minha varanda, ouvi um "Crrru Crrru" característico, olhei para o chão e estava um cócó de pombo do tamanho de sei lá o quê. Deviam ser dois sobrepostos.


Com os pacotes de arroz que eu gastei com eles em pequena dava para alimentar muito boa gente em África! E agoram "colam-se" à minha casa e fazem da minha varanda casa-de-banho? Criaturas sujas.

escrito por no idea às 21:32

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24

26
28
30
31


últ. comentários
Lindo, isto é lindo de facto, secalhar é um carimb...
Deve ser deve
AhahahaPior só mesmo terem-me dito que não me podi...
Concordo! E digo mais! Há por ai muito gajo que de...
AhahahaHá ainda outra razão: celibato ;D
Também já me perguntei isso.. Deviamos reclamar.be...
É... sao poupados no conteudo. Mas nao poupam no p...
Só para deixar um beijinho...Gostei do texto
Eu odeio pombos... são criaturas realmente muito s...
Hihi, compreendo-te, compreendo-te! Os velhotes ac...
Old ideas
pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds